julho 14, 2021 Atlantic Nickel lança websérie infantojuvenil para ensinar sobre mineração e desenvolvimento sustentável.

Atlantic Nickel lança websérie infantojuvenil para ensinar sobre mineração e desenvolvimento sustentável.

Você sabe o que é mineração, e como o setor está envolvido com a preservação dos recursos naturais? Se tiver alguma dúvida sobre o assunto, pode contar com a ajuda dos curiosos e aventureiros personagens Lua e Pedrinho, protagonistas da Websérie “Jornada da Lua”, um projeto audiovisual da Atlantic Nickel que ensina, de maneira lúdica e divertida, sobre o universo da mineração, a presença dos seus produtos em nosso dia a dia e a relação do setor com o desenvolvimento sustentável.  
 
A estreia da “Jornada da Lua” aconteceu no dia 30 de junho, encerrando as comemorações pelo Mês do Meio Ambiente, e dois capítulos já estão no ar. Um novo episódio será publicado toda sexta-feira, às 10h, e o conteúdo está disponível gratuitamente no canal do YouTube da Atlantic Nickel (http://bityli.com/AmUW9). 

De forma criativa e animada, as crianças – e os adultos também! – aprendem assuntos como a importância dos minérios para a sociedade e como o desenvolvimento sustentável é necessário para garantir o futuro da humanidade.  

Na história, Lua e seu irmão, Pedrinho, se aventuram no dia a dia da mineração e nos ensinam fatos e curiosidades muito importantes, como a presença dos minerais em vários objetos que conhecemos de perto, como celulares e panelas, e como a presença da atividade ajuda no desenvolvimento socioeconômico dos municípios. Além disso, eles explicam de forma clara e didática vários conceitos que fazem parte do universo da mineração, desmistificando a ideia de que a atividade é algo distante da nossa realidade. 

“A ideia da série surgiu a partir do nosso Programa de Educação Ambiental. Precisávamos levar o conteúdo sobre desenvolvimento sustentável até os alunos do Ensino Fundamental. Mas como fazer isso sem aulas presenciais?”, conta Felipe Blanco, coordenador de Comunicação e Sustentabilidade. “Então, avaliamos que era a hora da Atlantic Nickel estrear no YouTube e levar esse conteúdo para as crianças a partir da internet, para que aprendessem em casa, com suas famílias e em meio a outros conteúdos, de forma natural”, explica o coordenador. 

“São dez capítulos, todos com uma média de três minutos cada. É uma forma divertida, leve e didática de abordar a temática ambiental na mineração e aprender em família. Lembre-se de se inscrever no canal e ativar as notificações para ser avisado quando um novo episódio for ao ar”, recomenda Felipe Blanco. 

 
Sobre a Atlantic Nickel    

Controlada pelo grupo Appian Capital Brazil e única empresa produtora de níquel sulfetado no país, a Atlantic Nickel completou, no dia 15 de outubro de 2020, um ano de operação em Itagibá, interior da Bahia, onde vem atuando na extração do minério fundamental para a fabricação de baterias de veículos elétricos. São mais de 1.700 empregos diretos gerados pelo negócio e R$ 151 milhões injetados em compras e contratos com fornecedores da Bahia de 2018 a 2020.   

A projeção da companhia é dobrar a capacidade produtiva, com o início da operação subterrânea na Mina Santa Rita, prevista para 2028, o que vai elevar o tempo de vida útil da mina de oito para 34 anos (8 anos de mina a céu aberto + 26 anos de mina subterrânea). De acordo com a Avaliação Econômica Preliminar, cerca de US$ 355 milhões devem ser investidos nos primeiros cinco anos desta nova fase.     

Para além disso, a Atlantic Nickel já comemora a recente descoberta de um novo depósito com potencial significativo de recursos de níquel a apenas 26km de distância, e no mesmo cinturão geológico, de onde já funciona a Mina Santa Rita. 

Ascom/ Atlantic Nickel