julho 16, 2021 Prefeitura de Jequié decide que retomará aulas nas escolas municipais no modelo híbrido, em setembro.

Prefeitura de Jequié decide que retomará aulas nas escolas municipais no modelo híbrido, em setembro.

Por iniciativa da Prefeitura de Jequié, na tarde desta quinta-feira, (15), foi realizada no auditório da Secretaria de Educação uma coletiva com os órgãos de imprensa locais, para a apresentação do plano de retorno às atividades escolares presenciais no modelo híbrido, de modo a garantir aos estudantes das escolas públicas do Sistema Municipal de Ensino, uma retomada segura.

Estiveram presentes a secretária de educação, a professora Elvia Sampaio; a presidente do Conselho Municipal de Educação (CME), a professora Vitória Brandão; a diretora da APLB-Sindicato, professora Caroline Moraes; o presidente do Conselho do Fundeb, Manoel Gonçalves; e os representantes da imprensa local, Josafá Oliveira, da 93 FM; Del Santos, da Jequié FM; Marco Antônio, da Rádio Povo FM; e Sérgio Monteiro, da 95 FM.

O plano apresentado teve a aprovação do Conselho Municipal de Educação, do Conselho do Fundeb e da APLB-Sindicato. Durante a coletiva, foram apontadas algumas das estratégias que deverão ser executadas, a nível municipal, para que o retorno às aulas ocorra a partir do dia 1º de setembro, logo após o período de recesso, respeitando o Calendário Escolar Municipal e de acordo com as normas de segurança que deverão ser seguidas pelos alunos e gestores escolares. Entre elas presença dos alunos em aula deverá ser em dias e horários alternados, contando com a ocupação presencial de apenas metade do número de estudantes da turma de cada vez. Cada aluno deverá levar sua própria garrafa de água, que não poderá ser compartilhada com outro estudante, assim como estará proibido o compartilhamento de itens pessoais, como lápis, borracha, caneta e livros.

Além desses protocolos, a higienização das mãos, o uso de máscaras, distanciamento entre os estudantes dentro da sala de aula, desinfecção de calçados e mochilas, deverão ser obrigatórios, entre outros. A merenda escolar deverá ser ofertada de modo individual, de modo a evitar o contato entre os alunos. E, ainda, será feito o controle do número de pessoas dentro das unidades escolares.

Ficou decidido que, ainda no mês de agosto, será feita uma apresentação na internet para toda a comunidade escolar e a sociedade a respeito da retomada das aulas presenciais, no modelo híbrido, e, também, deverá ser lançada uma campanha para apresentar o novo formato das aulas aos pais e alunos, como forma de reforçar o convite para o retorno seguro ao ambiente escolar, mantendo os protocolos de saúde.

Informações da Ascom/PMJ